30 de abril de 2010

BACK TO THE FUTURE

A TECNOLOGIA QUASE IMATERIAL DO 6º SENTIDO AO SERVIÇO DA LIBERDADE
O QUE NOS SEPARA DE NÓS?


Legendas disponíveis em Português de Portugal
(publicado em Março de 2009)

29 de abril de 2010

GOVERNO CONFIRMA AVANÇO DA 3ª AUTO-.ESTRADA LISBOA-PORTO

«O ministro das Finanças confirmou, esta quinta-feira, que a construção da auto-estrada Pinhal Interior - a obra mais cara do pacote de investimentos rodoviários que o Governo assumiu no Orçamento do Estado - foi adjudicada à Mota-Engil, na quarta-feira. Teixeira dos Santos justificou a decisão, sublinhando que um eventual cancelamento da obra poderia sair ainda mais caro ao Governo, com o pagamento de indemnizações.» TSF 29-04-2010


COMO SE JÁ NÃO BASTASSE AO BARLAVENTO VICENTINO DO ALGARVE TER SIDO UM DOS ÚLTIMOS PONTOS DE PORTUGAL A SER SERVIDO POR AUTO-ESTRADA,  VEMOS COM ESTUPEFACÇÃO ESTA NOTÍCIA...
CONTINUAMOS À ESPERA DA LIGAÇÃO LAGOS-SINES/GRÂNDOLA PELO LITORAL.
NÃO É O TURISMO É A ÚNICA 'EXPORTAÇÃO INTERNA' QUE O PAÍS TEM AO SEU DISPOR PARA DINAMIZAR E INOVAR PARA CRESCER E CONTRIBUIR PARA ULTRAPASSAR A RECESSÃO? 
NÃO SE COMPREENDEM ESTE TIPO DE DECISÕES NEM AS PRIORIDADES QUE RESULTAM EM CONSEQUÊNCIAS DESASTROSAS IMEDIATAS PARA AS EXPECTATIVAS DE DESENVOLVIMENTO/RECUPERAÇÃO DE PORTUGAL.
QUANTO AO ARGUMENTO DAS INDEMNIZAÇÕES, AFINAL QUEM NEGOCIOU PELO ESTADO ESTE PROCESSO? NÃO FORAM ESTES MESMÍSSIMOS DECISORES? 
NADA OS IMPEDIA DE RENEGOCIAR COM QUEM QUER QUE FOSSE, MUITO MENOS COM O GRUPO MOTA-ENGIL. SE ATÉ É UM ANTIGO 'MAI' (J. COELHO, PS) O SEU ADMINISTRADOR EXECUTIVO...   
TOMADA NO MOMENTO PRESENTE, ESTA DECISÃO É AINDA MAIS GRAVE. JÁ PARA NÃO FALAR NESSE CONCEITO PEREGRINO DE JUSTIFICAR QUALQUER OBRA PÚBLICA PELO EMPREGO PRECÁRIO QUE TEMPORARIAMENTE CRIA E NÃO PELA RACIONALIDADE ECONÓMICO-FINANCEIRA DA OBRA EM SI MESMA.

AS PRIORIDADES? SEMPRE ERRADAS E SEMPRE PARA OS MESMOS AMIGOS....

QUE TÊM A DIZER A ISTO OS 3 OU 4 AUTARCAS AMIGOS SOCIALISTAS DO BARLAVENTO DO ALGARVE? QUIETOS E CALADOS? PORQUÊ?
SERÁ QUE J. SÓCRATES ESTÁ A FAZER TUDO PARA SER DEMITIDO? 
SE NÃO ESTÁ PARECE...

28 de abril de 2010

TOCATTA Y FUGA

«Quando a grande maioria do povo entender, pelo sofrimento do adiamento de pagamentos e pela redução dos salários e das pensões, que o reinado do socialismo em Portugal chegou ao fim irá escaqueirar o já Partido Socialista. Creio que, com pena nossa, embora defenda a demissão do Governo, esse cúmulo de revolta social ainda não foi atingido, pois, para o eleitorado assistido, Sócrates ainda é, até à falência pública, o garante do Estado Dourado. Lá vão cantando e rindo. E rindo para, daqui a pouco, chorar. O socratismo morreu hojeA. B. CALDEIRA 28-04-2010 

27 de abril de 2010

EMPRESA PÚBLICA ENDIVIDA-SE PARA COMPRAR IMÓVEIS AO ESTADO

«O grupo estatal Parpública está a recorrer a financiamentos externos para pagar, pelo menos em parte, o património imobiliário que tem vindo a comprar ao Estado. A Parpública, através da Sagestamo, tem sido a principal compradora dos imóveis que os vários serviços públicos tem colocado à venda nos últimos anos, e em que estão incluídos hospitais, quartéis e repartições de finanças, entre outros. Só no ano passado, esta holding foi responsável pela esmagadora maioria - mais de 90% - das receitas de 300 milhões de euros que o Estado encaixou na alienação de património. E o cenário deverá repetir-se este ano.» iOnline 26-04-2010

NA SEQUÊNCIA DA MENSAGEM TELEVISIONADA DO SENHOR MINISTRO DAS FINANÇAS E FAZENDO FÉ NA EXPRESSÃO DO APELO A "TODOS, SEM EXCEPÇÕES" CONTIDA NA COMUNICAÇÃO DE HOJE, FEITA A PARTIR DE ANGOLA, PERGUNTA-SE: QUANTO VALERÁ UM MODELO DE SOLUÇÃO ?

26 de abril de 2010

SÓCRATES, O ÚLTIMO LÍDER DO PS !!!

PORTUGAL: Dezasseis meses após o final do ano a que se refere, foi hoje 26 de Abril de 2010 apresentado o 6º...Anuário Financeiro dos Municípios relativo ao ano de 2008.
(link para uma notícia, o pdf respectivo estará certamente disponível mais tarde...).

ESPANHA: Aqui ao lado, para não ir mais longe, o Anuário El País relativo ao ano de 2009, que contém um impressionante volume e qualidade de dados (não apenas autárquicos) foi apresentado no início deste mês de Abril de 2010 (link).
Ou seja, quatro meses após o final do ano a que se reporta.

Voltaremos ao assunto quando o pdf de 2009 estiver disponível e também quando forem publicados os dados de 2010 (estes certamente lá para Abril de 2012... se ainda não tivermos emigrado antes).
Apesar de todo o pouco reconhecido esforço que tem feito evoluir positivamente o controlo das contas autárquicas de uma situação anterior ainda pior, designadamente pela equipa da U. Minho e pelo Tribunal de Contas, esta dilação temporal é ainda inadmissível para as próprias autarquias, para os agentes económicos em geral e, sobretudo, para os cidadãos contribuintes e eleitores.
Bom seria que, de futuro, as eleições autárquicas fossem marcadas para datas posteriores às dos fechos e publicações de contas que permitissem decisões de voto em consciência. É que, como até está escrito no anuário relativo a 2007, quanto a prestação de contas «o órgão executivo da câmara municipal “presta contas” aos eleitores sobre o cumprimento dos compromissos assumidos previamente nos programas eleitorais. O principal momento de “prestação de contas” verifica-se no acto eleitoral.» A realidade... é outra.
A arritmia entre ciclos eleitorais (como em 2009) e a dilação no conhecimento dos dados reais de todas as dimensões da economia portuguesa, a par da desorganização "científica" da administração "pública" (ou será antes "público-privada"?) e do ordenamento administrativo do tempo do Mouzinho, são dos melhores amigos da permeabilidade aos interesses ilegítimos que souberam instalar-se e manter-se. Com o resultado que ainda não está totalmente à vista. Dá para tudo, alterar contas trimestrais "reais" várias vezes, publicá-las quando já não têm utilidade, etc. Vale tudo !

E ainda se queixa o aniversariante PM José Sócrates da agressividade das oposições, em visita à "última pedra"  nas obras do palco da missa do Papa em Lisboa... E acha que «é razoável pedir a todos os partidos que não se esqueçam que quem ganhou as eleições foi o PS, estando o Governo naturalmente disponível para concertar com as restantes forças políticas as linhas políticas que necessitam de um acordo mais alargado».

Como é possível dizer isto dias depois de ter sido considerada provada pelo MP a compra de apoios eleitorais de pelo menos uma figura mediática para ganhar essas mesmas eleições legislativas do ano passado ?...
O aliado único de Sócrates pode ser, incrivelmente, esta espécie muito rara de "crise". 
Mas e se o cenário temporal da situação actual fôr do tipo japonês (2 décadas...) o que farão os Senhores PM e PR? E os Portugueses?
José Sócrates, o último líder do PS, não sabe o que é Portugal ! Nem quer saber...

25 de abril de 2010

O 25 DE ABRIL É DO POVO, NÃO É DE NENHUM PARTIDO


O Deputado do PSD Aguiar-Branco surpreendeu com o seu discurso na sessão solene da Assembleia da República (vídeo acima). Já 15 dias antes Passos Coelho havia dito: «Nem eu sou dono do PSD, nem o PS é dono de Portugal.»

Em Lagos, numa sessão solene muito participada - o executivo fez coincidir para a ocasião o anúncio dos apoios aos clubes e às colectividades de cultura e recreio... - dizem que o melhor do evento foi a actuação de uma delegação de um grupo de representantes de uma Escola na Assembleia da Juventude sob o tema "O que é a Liberdade?" cujo vídeo se recomenda seja disponibilizado ao público naquele elucidativo ecrán de rua na mini-rotunda de Santo Amaro. 
Foi uma intervenção inesquecível que valeu por todo um dia !

De resto, o discurso do representante da Associação 25 de Abril, o discurso do Presidente do PSD/Lagos e o do Presidente da Assembleia Municipal foram os outros momentos altos de um evento em que ninguém ousou dizer o evidente: o PS local comporta-se politicamente como se fosse o dono de Lagos !!! 
E, a julgar pelo discurso do Senhor Presidente da Câmara, algo surpreendido pelo "sangue novo" e pela disponibilidade positiva do discurso político do PSD, pronto para colaborar com as suas  próprias ideias para resolver os problemas concretos de Lagos, quer continuar a sua política. Que mais parece infelizmente inspirada nas Uniões de outros tempos (mas, ao que se percebe, ainda há quem queira embarcar num barco igual ao que se afundou há décadas...) ignorando que a sua legitimidade política, sendo indiscutível quanto a votos expressos, é extremamente frágil. Pelo nível da Abstenção registada e porque resulta de uma participação política  ridícula, quase nula. Num concelho em que, como aliás disse Rui Araújo, «o nº de militantes de todos os partidos políticos somados é de cerca de 1% da população total...»

OS HERÓIS DE ABRIL DERAM LUGAR AOS HERÓIS DO SILÊNCIO, DA FALÁCIA POLÍTICA, DO INTERESSEIRISMO PESSOAL E DA MISÉRIA FINANCEIRA GENERALIZADA? É O QUE PARECE...

24 de abril de 2010

ESCUDO/EURO = 600,482 ? DEPOIS DOS HIPER-MERCADOS VEM AÍ A HIPER-INFLAÇÃO?

«O adiamento da reforma séria da despesa pública do Estado português pelo Governo socialista, por causa da ambição presidencial mal resolvida do primeiro-ministro, põe a condução do nosso País na mão dos interesses estrangeiros.
(...)A mensagem, que também vale para o nosso país é clara: ou Portugal promove reformas estruturais duras ou terá de abandonar o euro. A saída do euro teria consequências terríveis sobre as finanças do Estado, a economia e a estabilidade socio-política, muito para lá do conforto imediato da almofada da desvalorização e depreciação cambial contínua.» A.B.CALDEIRA 24-04-2010
 

23 de abril de 2010

RISCOS INESPERADOS...

Escreve um destacado socialista que «(...) seja no plano da segurança colectiva, seja no domínio da liberdade de circulação, seja perante as ameaças das pressões ou de um colapso do sistema financeiro global, prepararmo-nos para o inesperado é, antes do mais, uma atitude cultural, um misto de prevenção, de estudo dos efeitos dos riscos e das catástrofes e de desenvolvimento de capacidades de resposta, num esforço conjunto de autoridades públicas, agentes privados e cidadãos individualmente considerados.
Porque a única coisa certa é de que continuaremos expostos a riscos inesperados.»
ANTÓNIO VITORINO (PS) 23-04-2010

MAS O PS TAMBÉM RECUSA APROVAR A INVERSÃO DO ÓNUS DA PROVA NOS CASOS DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO... PORQUE É INCONSTITUCIONAL.
E DEPOIS VÊM DIZER-NOS QUE O ROUBADO DEVE COOPERAR COM O LADRÃO POR CAUSA DOS RISCOS INESPERADOS ?...
CADA UM QUE TIRE AS SUAS CONCLUSÕES E QUE TENHA O GRAU DE PACIÊNCIA NA ESPERANÇA QUE MUITO BEM ENTENDER.

22 de abril de 2010

GRAFOLOGIAS

«A nossa caligrafia revela (quase) tudo sobre nós, das emoções aos sentimentos, das qualidades e defeitos à sexualidade. Veja o que mostra a análise à letra de várias figuras públicas, do passado e actuais.» 

«A letra de Amália Rodrigues é o espectáculo propriamente dito, de tanto espaço que ocupa, de tanto que quer dar nas vistas. A de Salazar não podia ser mais igual a... Salazar, mostrando sempre um déspota. Carlos Santos Ferreira, o presidente do Millennium bcp, construiu uma nova letra porque não gostava da antiga, que o mesmo é dizer que não gostava de si próprio. E Pedro Passos Coelho, o recém-eleito presidente do PSD, tem seguido o caminho certo porque é um homem feito para a política.
Estas são algumas das conclusões reveladas pelo estudo da caligrafia destas personalidades. E nela, porque vem do inconsciente, tudo se pode detectar: emoções, sentimentos, defeitos, qualidades, impulsos, desejos, doenças, sexualidade... O resultado é um retrato psicológico.»

(clicar para ampliar)

21 de abril de 2010

SOMOS CAMPEÕES DO MUNDO !


 SERÁ BOTA-ABAIXISMO ? 
 O QUE FAZ FALTA É OUTRA GENTE, DE OUTRO CAMPEONATO.
 FALTA UM BOCADINHO ASSIM...
 PARA QUÊ? PARECE QUE NINGUÉM SABE AO CERTO, TALVEZ COM EXCEPÇÃO DOS SENHORES PR, PM e MdF...
 ESTÃO A FILAR-NOS... POIS, OS MALANDROS DOS ESPECULADORES.
 E A GENTE DEIXA-SE FILAR NÃO É ? 
 FALTA UM BOCADINHO ASSIM !

20 de abril de 2010

A MISSÃO APOLLO 11 INTERACTIVA


Uma rara experiência interactiva para ver em écran total e som ligado em 11 passos.
De um amigo de um amigo de um amigo de um amigo de um amigo... Obrigado !

19 de abril de 2010

18 de abril de 2010

CAVACO SILVA E A DIPLOMACIA ECONÓMICA


Perante a crise das cinzas vulcânicas que paralisa grande parte do espaço aéreo da Europa, o Presidente da República Portuguesa optou por viajar por terra para Estrasburgo e dali para Barcelona, de onde voará para Lisboa.
Pena que não tenha decidido optar por uma deslocação mais curta, de Praga a Cracóvia,  de modo a marcar a presença de Portugal num momento de raro significado para a Europa: as cerimónias fúnebres do Presidente da Polónia, Lech Kaczyński falecido num catastrófico acidente aéreo. Recordando: o casal presidencial polaco viajava entre os passageiros e tripulação do avião que se despenhou perto da ocidental cidade russa de Smolensk. A delegação de alto nível seguia o seu caminho para Katyn, uma área florestal perto da fronteira russa-bielorussa para render homenagem a cerca de 21.000 oficiais, cidadãos e políticos polacos assassinados pela polícia secreta soviética durante a 2ª Grande Guerra Mundial. Exactamente no dia em que passavam 70 anos sobre aquela trágica data e em que estariam presentes as autoridades políticas e militares de topo da actual Federação Russa.

Já para não falar na defesa da Paz na Europa ou na forte presença empresarial portuguesa na Polónia, o facto de este país assumir a presidência da União Europeia em breve e, acima de tudo, marcar a presença de Portugal ao mais alto nível num raríssimo momento de enorme dôr mas também de fortíssimo significado político, tanto para polacos como para russos, quanto à mais que provável dinamização das relações de um estado membro da União Europeia com a Federação Russa assim o exigiam.
Uma lamentável decisão do Presidente Cavaco Silva, uma vez mais... por omissão.
Bom regresso a casa.

17 de abril de 2010

JOGOS NAS REDES SOCIAIS

«O fenómeno está a crescer de tal forma que o próximo passo é adaptar os jogos para as plataformas móveis, como o iPad e o iPhone, bem como desenvolver a vertente de negócio: em 2009, só os jogos do Facebook geraram quase 370 milhões de euros. Não é de surpreender que o Hi5 tenha aderido à moda e permitido integração com os jogos do Facebook. É quase impossível entrar numa destas redes sem esbarrar com vacas perdidas, abóboras que não foram regadas e convites para integrar um gangue de mafiosos.
"FarmVille", "PetVille", "MafiaWars", "SocialCity", "Café World", "Bubble Island". A lista parece interminável.»
«Mas a maioria das pessoas joga por puro prazer, até porque estes jogos têm a particularidade de nunca acabarem. É por isso que os adeptos destes jogos não encaixam no perfil típico dos jogadores online, normalmente adolescentes. Eunice Serra, engenheira de 44 anos, é um exemplo perfeito. Experimentou o "FarmVille" depois de ser convidada e gostou tanto que se tornou fã. "É interactivo com os amigos", explica, adiantando que joga "entre duas a três vezes por semana, uma hora de cada vez". É possível que seja o apelo de uma vida alternativa de agricultora que causa o fascínio. Ou talvez a piada de interagir com os "vizinhos". Certo é que o "FarmVille" já faz parte dos seus hábitos, embora não passe horas a conversar com os amigos sobre as macieiras que ficaram por regar, como acontece com os mais aficionados.» iOnline 17-04-2010

«Uma amiga um dias destes interrompeu uma conversa telefónica porque tinha que ir a correr a casa ligar o computador para tratar da quinta do facebook. tratou dos animais e depois ... retomou a nossa conversa. uau» comentário de Alfredo Monteiro no mesmo jornal.

A FUGA ÀS REALIDADES DIFÍCEIS TEM DESTAS COISAS.
EMBORA A EVOLUÇÃO DA FACTURAÇÃO DESTES E DE OUTROS NEGÓCIOS E FERRAMENTAS DE GESTÃO NA NET É SURPREENDENTE, CURIOSAMENTE A NOSSA COMUNICAÇÃO SOCIAL TELEVISIVA GENERALISTA TENDE A APENAS DESTACAR OS EFEITOS NEGATIVOS DA INTERNET, COMO SE O PROBLEMA DA UTILIZAÇÃO NEGATIVA E POR VEZES CRIMINOSA DE UM QUALQUER VEÍCULO FOSSE DE UMA AUTO-ESTRADA...
UMA SUGESTÃO PARA A GRANDE Y-DREAMS: PARA QUANDO UM JOGO DE ECONOMIA NO FACEBOOK (OU NOUTRA PLATAFORMA) DO GÉNERO DO "1994" QUE  CORRIA EM CASSETTES NO SAUDOSO ZX SPECTRUM?

16 de abril de 2010

A PESCA SEM REDE INVENTADA EM LEIRIA E A FALTA DE REDE DE ENSINO UNIVERSITÁRIO NO ALGARVE

«Quatro antigos estudantes e um docente do Instituto Politécnico de Leiria (IPL) são os autores de um novo sistema de pesca industrial que dispensa a utilização de redes. São bolhas de ar que aprisionam os cardumes, depois aspirados para o barco com recurso a uma bomba. A patente de âmbito nacional e internacional está registada e o interesse por parte de investidores “é muito grande”, segundo Leopoldina Alves, directora do Centro de Transferência e Valorização do Conhecimento (CTC) do IPL.
Vocacionado para a pesca do cerco, o projecto Bubble Net surgiu na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche. Já recebeu financiamento superior a 30 mil euros, o que possibilitou criar um protótipo e realizar testes.
Uma das principais vantagens do conceito Bubble Net é que “seria uma arte limpa, permitindo pescar sem provocar danos no meio marinho”, explicou Humberto Jorge, presidente da Associação Nacional das Organizações de Produtores da Pesca do Centro (Anopcerco). Mais: evitaria o desperdício de pescado e o custo de aquisição e manutenção das redes.» iOnline 16-04-2010

INVENTORES NO ALGARVE? Última Notícia: Semana Aberta da Propriedade Industrial (Dez-2008)
PÓLOS UNIVERSITÁRIOS? Apenas 1, em Faro (campus Penha, Gambelas e Saúde) que Portimão tem um Instituto Politécnico: a UNIVERSIDADE DE FARO, eufemisticamente chamada "do Algarve"...
«Ao longo dos últimos anos a oferta formativa da UAlg tem sido reestruturada e adaptada à perspectiva europeia de Bolonha. Actualmente, cerca de 8 500 estudantes de licenciatura frequentam a Universidade do Algarve. Este número é anualmente acrescido de cerca de 1 000 estudantes de pós-graduação que prosseguem os seus estudos nos variados cursos de mestrado e doutoramento. No ano lectivo de 2009-2010, a UAlg oferece 45 cursos de Licenciatura (1.º ciclo) adequados e acreditados a Bolonha, três dos quais estruturados em Mestrado Integrado.» in site Ualg.


TUDO EM FARO... 
E MAIS UMA FUNDAÇÃO, DÁ JEITO E "É BEM"...
JÁ PARA NÃO FALAR NA ESTRUMEIRA QUE CIRCUNDA O PÓLO DE ENSINO POLITÉCNICO DE PORTIMÃO.
Destaca-se a Licenciatura em "Informação e Animação Turística" Pós-Graduação em "Gestão de SPA", o Mestrado em "Gestão e Manutenção de Campos de Golfe".
QUE MAL TERÁ FEITO O BARLAVENTO PARA MERECER TAMANHA MISÉRIA E TÃO IRRACIONAL DESPREZO?
Error in ISAPI_Rewrite helper ISAPI extension.
12029 - A connection with the server could not be established
File: .\rwhelper.cpp, Line: 652.




15 de abril de 2010

CORRUPÇÃO NAS ELEIÇÕES DE 2009? MINISTÉRIO PÚBLICO CONSIDERA PROVADO QUE APOIO DE FIGO A SÓCRATES FOI COMPRADO...

INACREDITÁVEL !!!

Excertos do Exclusivo publicado pelo Expresso online de ontem:
«No período compreendido entre Abril e Junho de 2009, perante a aproximação das eleições legislativas, cuja campanha teria lugar entre 12 e 25 de Setembro desse ano, Rui Pedro Soares pôs em execução uma estratégia para obter o apoio à candidatura do PS por parte de figuras públicas beneficiárias de simpatia popular.»
«Figo foi ilibado porque, segundo o MP, "um agente do crime de corrupção activa deve saber que aquele com quem negoceia é funcionário ou age em sua representação ou como seu intermediário. A relativa exiguidade da maioria de capitais públicos e o desconhecimento geral sobre a propriedade da Taguspark, sobre a sua natureza, o seu objecto social e quem são os seus dirigentes, tornam credível e, em momento anterior, previsível, o desconhecimento alegado por Luis Figo."»

Excertos da notícia publicada pelo Expresso online de 19-02-2010:
«A Fundação Luís Figo diz que "não recebeu, nem vai receber" quantias ou contrapartidas da Portugal Telecom (PT) ou da Tagus Park, negando as notícias de um alegado envolvimento na campanha do PS para as legislativas.»
«Na quinta-feira, em reacção a notícias anteriores, Luís Figo negou que tenha recebido qualquer quantia para apoiar publicamente o actual primeiro ministro.»

Portanto e como:
- «A Fundação Luís Figo não recebeu nem vai receber»,
- «Luis Figo negou que tenha recebido.», e
- «O Ministério Público considera provado que o apoio de Figo a Sócrates foi comprado.», apenas não o constituindo arguido pelo detalhe muito conveniente mas apenas formalmente de  Figo ter alegado desconhecimento quanto ao facto de o Taguspark ter maioritariamente capitais públicos (51%), pergunta-se:

- Como ler a evidente contradição entre o que o MP considera provado e as declarações de Figo e da sua meritória fundação de nada terem recebido?
- Terá Luís Figo sido enganado pela conhecida espécie de 'máquina de ganhar eleições' depois de ter sido enganado por um Banco, e ainda por cima correndo o risco de ser acusado de "corruptor activo"? 
- E quanto à manifesta 'corrupção do processo eleitoral', conexa ao considerado provado pelo MP ninguém é responsável por 'corrupção activa'?

Por outro lado:
- O Taguspark com 51% de capitais públicos não é uma parceria público-privada?
- Assim sendo, esta não-pronúncia de Luis Figo institui ou não, em termos de jurisprudência, um precedente com o mesmíssimo efeito para todo e qualquer 'corruptor activo' que argumente exactamente o mesmo em idêntico contexto quando provada futuramente qualquer interacção dolosa comparável em relação a qualquer outra parceria público-privada? 
- Terá sido este negócio subterrâneo e altamente perversor da normalidade democrática eleitoral apenas um entre outros, estejam ou não com ele directamente relacionadas, ainda por cima com eleições autárquicas que marcadas (pelo PR) para duas semanas apenas após as legislativas? 
- Qual o efeito combinado legislativas/autárquicas deste 'sistema organizado'?
- Terá esta trama pré-eleitoral sido articulada com outra/s de âmbito autárquico conducentes a "resultados esmagadores"? Em que grau e com que pivots regionais?
- Terá sido este o único apoiante de grande relevo social do candidato eleitoral José Sócrates e do PS a receber contrapartidas (cá está esta "maldita" palavrinha outra vez...)?
- Que têm desde já e terão a dizer no futuro sobre tudo isto o Ministério Público e o Tribunal Constitucional? E a falta de meios, quem a decide?
- Como espera o Sr. Presidente da República ("o 'garante' do normal funcionamento das instituições democráticas") que os Cidadãos Eleitores de Portugal interpretem o seu silêncio decisório?

SE ISTO NÃO É ATENTAR CONTRA O ESTADO DE DIREITO, O QUE SERÁ ?
AFINAL, O INCONVENIENTE JUIZ DE AVEIRO TINHA MESMO RAZÃO !  

V. POST "PEDIR DESCULPA A JOSÉ SÓCRATES?"

14 de abril de 2010

CENSURA DO GOVERNO PORTUGUÊS AO JORNAL "LIBERATION"

«Alertado por um comentador fui ver a edição do jornal francês  "Libération" , de 18 de Março de 2010,  que o Expresso disse não ter saído em Portugal por motivos de impressão. 
[tradução para português nos comentários]

A IMPRESSÃO QUE DÁ É QUE A ESTABILIDADE EM QUE VEGETAMOS É COMO A DA "PAZ PODRE". SE ESTA É A MOEDA BOA ...VOU ALI E JÁ VENHO !

13 de abril de 2010

"DIZ O ROTO AO NÚ" OU "QUANDO O ESTADO FAZ DE BANQUEIRO ALGUÉM FICA SEM O SEU DINHEIRO"...




«Estava D. Pedro Rodriguez Sarmento, nobre galego ao serviço de Castela, com o seu poderoso exército em cerco a Monção, e quando a moral das suas tropas já dava sinais de quebranto devido à fome que as atacava, dá-se o insólito.
Uma mulher resoluta, de nome Deu-la-Deu Martins, assoma à muralha e enquanto lança ao inimigo folgada quantidade de pães, proclama que, se de mais necessitassem, que mais pedissem, porque farinha para os ditos tinha ela para dar e vender. Desmoralizados os inimigos partem.
O senhor primeiro-ministro anunciou à saída da última reunião de responsáveis pelos governos europeus que Portugal faria, naturalmente, parte da solução para a Grécia, dentro do enquadramento entretanto ali cozinhado.
Isso passa por termos de vir a emprestar à Grécia algum capital, se estes, entretanto, não conseguirem colocar no mercado internacional os títulos de dívida que vão constantemente necessitando de emitir. Isto é, se eles não conseguirem, vamos nós ao mercado, os terceiros piores devedores da Europa do euro, emitir dívida para lhes emprestarmos. Diz o roto ao nu...
(...) A generosa oferta do nosso primeiro-ministro aos gregos trouxe-me à mente a maravilhosa história da nossa Deu-la-Deu. Pelo engenho e astúcia, dando ares, aparências, daquilo que não éramos ou tínhamos, fomos capazes de afastar os atacantes malfeitores que cercavam Monção.
Mas se a resposta de então foi suficiente para afastar invasores desinformados porque as portas do castelo estavam fechadas e porque não havia infiltrados, jornalistas ou contadores de trigo obrigados a divulgar a informação relevante que desmentia a comandante, isso hoje é impossível.
Jornalistas, agências de rating, analistas, simples economistas e principalmente investidores, lêem a informação, sabem o que se passa e tiram as suas conclusões.
Nos dias que correm, pensar que se ilude muita gente durante muito tempo, quando se está sob tão intenso escrutínio, só de quem não vive nesta terra e pensa que está dentro de um castelo de portas fechadas e nem sequer se recorda do que já passou, quando quis esconder um segredo de que não se orgulhava, numa trapalhada de sucessivas peripécias de que não há quem tenha igual para contar.
Hoje, as estatísticas não saem aos domingos.
Às vezes, mesmo a meio, as coisas mudam e se Deus lho deu, também lho pode tirar.» JOÃO DUQUE 10-04-2010
 RESTA SABER SE E COMO QUEM FEZ E ESTÁ AINDA A FAZER DE DEUS NESTE PARENTESIS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL JÁ  TERÁ "DECIDIDO" O CAMINHO A SEGUIR...

12 de abril de 2010

OS NOVOS 3 D's DA LIBERDADE PARA PORTUGAL: DESPARTIDARIZAR, DESESTATIZAR, DESGOVERNAMENTALIZAR

Como todos sabem, ou deviam saber, historicamente os 3 D's da Revolução dos Cravos foram: Democratizar, Descolonizar e Desenvolver.
Inesperadamente, quando quase todos esperavam uma espécie de baptizado ou de entronização de mais um novo líder partidário, como lhe chamaram alguns comentadores oficiais do centralismo, e apenas a duas semanas de se completarem 36 anos sobre o dia 25 de Abril de 1974, eis que o novo Presidente do PSD Pedro Passos Coelho surpreendeu Portugal e os Portugueses em geral (e o PS em particular) com um discurso de improviso no encerramento do XXXIII Congresso que foi notável e carregado de conteúdos políticos positivos. Porque úteis.
O novo Presidente do PSD teve o engenho e a arte de resumir, nuns novos 3 D's, a fórmula para resolver a realidade nacional gravíssima que os Portugueses mais ou menos estupefactos e desesperados têm vindo a assistir, como se de um filme se tratasse, e com a qual todos sem excepção estaremos de futuro confrontados para ultrapassar positivamente,  um processo que já se iniciou e que levará tanto mais tempo quanto mais nos quisermos fazer perder em jogos florais pseudo-políticos.
É a esta luz que se deve ver a aparentemente paradoxal urgência na mudança estrutural conjugada com a tranquilidade necessária para uma mudança positiva e segura para todos.

E quais são esses 3 D's deste Portugal de Abril de 2010?
- DESPARTIDARIZAR a Administração Pública.
- DESGOVERNAMENTALIZAR o País.
- DESESTATIZAR a Sociedade Civil.
São estes os 3 novos paradigmas para uma nova libertação de Portugal e dos Portugueses. Porque, restam poucas ou nenhumas dúvidas, é de LIBERDADE outra vez que se trata.

Aliás, como a verdadeira colonização do Estado que nos conduziu à realidade actual foi promovida pelos partidos do chamado "bloco central" (mais os/as variáveis do "ai é? então  se é assim eu também quero"...) para além do engenho e da arte, Passos Coelho reconfirmou as duas qualidades que, a par da HONESTIDADE, são as mais essenciais, as que fazem a diferença entre os pequenos e os grandes líderes: a CORAGEM e a HUMILDADE.
E para quem tinha dúvidas disse, alto e em bom som: 
«NEM EU SOU DONO DO PSD, NEM O PS É DONO DE PORTUGAL !»

11 de abril de 2010

AS DUAS CATÁSTROFES POLACAS DA FLORESTA DE KATYN


Exactamente 70 anos depois do assassínio em massa de 21.000 pessoas, entre as quais de encontrava a elite da 1ª república polaca, por ordem documentada de Stalin, aconteceu, por acidente aéreo às 8 horas da manhã (locais) de ontem, sábado, a segunda: a da nata da inteligência e das estruturas de comando da Polónia. Uma lista de vítimas impressionante que integra o Presidente Lech Kaczyński. 
Uma conjugação de factores, como sempre em acidentes aéreos, um terrível erro humano, a que se terá associado o facto de os sistemas aviónicos de aterragem serem diferentes no avião (o ocidental ILS) e no solo (PRMG).
Realidades e coincidências verdadeiramente catastróficas e desoladoras, principalmente para o povo polaco, mas também para qualquer ser humano. Paz às suas almas.
FOTO(actualização): PORTAL OFICIAL DE PROMOÇÃO DA REPÚBLICA DA POLÓNIA

10 de abril de 2010

O MARINO FINANCIAMENTO DOS SUB-PARTIDOS PORTUGUESES

«"A comissão de contrapartidas andou sempre a adiar, o ministro da Economia anterior andou sempre a enrolar as questões, os dois ministros da Defesa andaram a enrolar, andou toda a gente a enrolar e nunca quiseram aprofundar a razão pela qual os contratos não eram cumpridos", afirmou o empresário.
"Isto só é possível por os partidos políticos estarem interessados em nunca esclarecer isto. E não apenas o PS, também o PSD e também o CDS-PP. Matam-se uns aos outros na AR por causa de coisas de chacha e aqui, que era uma questão de centenas de milhões de euros, estão calados?", questionou.
E acrescentou: "Mesmo o Bloco de Esquerda, começou a mexer nestas coisas e, em determinado momento, parou e calou-se."»
Não creio que estas gravíssimas denúncias - afinal, mais largas do que os «alvos» oficiais e com envolvidos reais em vez do famigerado Jacinto Leite - possam escorregar pelo saco roto da Procuradoria-Geral da República. Não podem ser ignoradas. As denúncias de Henrique Neto, um empresário e político sério, por quem tenho grande consideração, têm de ser investigadas.
A questão é simples: alguma das empresas, ou empresários, referidos na compra dos submarinos e nas contrapartidas financiaram, directa ou indirectamente, os partidos portugueses?»

9 de abril de 2010

JÚDICE DÁ SEIS MESES A PASSOS COELHO

Depois desse prazo é provável que venha a aceitar mais convites do PS.
CARLOS NUNES LOPES 9-04-2010 
Qualquer dia estão a pedir ao homem para fazer uma plástica, para ficar mais parecido com Portugal...

8 de abril de 2010

DEPOIS DE UM GOVERNO DE PASSIVIDADE PRESIDENCIAL TEREMOS UM PRESIDENTE DE PASSIVIDADE NACIONAL?

«Será mesmo que, como o Daniel Oliveira defendeu hoje na SIC-Notícias, José Sócrates acabará por dar o seu apoio (ténue) a Manuel Alegre nas Presidenciais porque anseia por uma vitória de Cavaco? Enfim, temos visto que a história de Sócrates não é bem uma sucessão de decisões perspicazes.» Francisco Mendes da Silva 8-04-2010

TALVEZ, MAS MAIS PARECE QUE SÓCRATES E O PS CONTINUARÃO NO  SEU PADRÃO DE DRAMATIZAÇÃO E VITIMIZAÇÃO, FAZENDO CAIR ELES PRÓPRIOS O GOVERNO COM UMA MOÇÃO DE CONFIANÇA (NO CASO DE SAIREM "ILIBADOS" DO CASO TVI) OU COM UMA MOÇÃO DE CENSURA (NO CASO CONTRÁRIO) PARA FICAR SÓCRATES DISPONÍVEL PARA OUSAR AINDA POR CIMA SER CANDIDATO PRESIDENCIAL.
SÓ ESSA POSSIBILIDADE PODE TER JUSTIFICADO QUER O SILÊNCIO DO PS EM RELAÇÃO À CANDIDATURA DE MANUEL ALEGRE (CONSEGUIDO QUE FOI O OBJECTIVO PRÉ-LEGISLATIVAS 2009 DE O "RETIRAR" DE UM  APOIO EXPLÍCITO DIRECTO AO B.E.) QUER O ESTRANHÍSSIMO "EXERCÍCIO" DOS PODERES PRESIDENCIAIS POR PARTE DO PRESIDENTE CAVACO SILVA EM 2009 E NO QUE VAI DE 2010... 
TERÁ SIDO DISTO QUE CAVACO "SOUBE", TERÁ SIDO DISTO QUE TERÁ TIDO MEDO MAS, SOBRETUDO, TERÁ SIDO DISTO QUE TERÁ RESULTADO O GOVERNO QUE TEMOS. COMO SE FOSSE NÃO DE INICIATIVA PRESIDENCIAL, MAS DE PASSIVIDADE PRESIDENCIAL.
DE FACTO, NÃO É ISTO QUE O EX-PM CAVACO PROMETIA SE FOSSE ELEITO PRESIDENTE, MAS É POR ISTO, E TALVEZ POR ALGO MAIS, QUE CAVACO PERDERÁ AS PRESIDENCIAIS DENTRO DE 9 MESES.
O QUE SÓ ACONTECERÁ SE FÔR CANDIDATO...

7 de abril de 2010

PEC, "OPOSIÇÃO" E "INTERESSE NACIONAL": AS MATÉRIAS-PRIMAS QUE RESTAM...AO GOVERNO !

«Dívida Pública (em milhares de milhões de euros)
2004:   90.7, 62,9% do PIB
2005: 101.8, 68,3% do PIB
2006: 108.6, 69,9% do PIB
2007: 112.8, 69,1% do PIB
2008: 118.5, 71,3% do PIB
2009: 132.8, 80,6% do PIB
2010: 146.8, 87,7% do PIB»
«Se a Assembleia da República recusar dar esse sinal (de consenso político sobre o PEC) teremos graves problemas no financiamento [da República] com consequências graves na actividade económica» - Teixeira dos Santos na Assembleia da República.

Para gastar, bastou o Governo. Para remediar, o Governo invoca a Oposição!...

O Governo esticou até ao limite a dramatização sobre o PEC. Com a ajuda do Presidente da República, os Portugueses têm sido massacrados com uma espécie de fim do mundo se o projecto de resolução não merecer um consenso alargado.» 





6 de abril de 2010

DESCULPEM A INTERRUPÇÃO, A EMISSÃO SEGUE DENTRO DE MOMENTOS...

«Adoro viver em Budens. No entanto, nunca me tinha passado pela cabeça que numa aldeia como esta, tão perto de Lagos ou de outras zonas «desenvolvidas» do nosso país, certas «coisas» pudessem acontecer. Isto,  num país que se reclama desenvolvido e avançado.
Aqui, as interrupções no fornecimento de energia eléctrica são uma constante e temos que viver com elas. Basta chover umas «pinguinhas» e deixa de haver «luz». Melhor, ela vai e volta, várias vezes num minuto. Mas, no entretanto, algum dos equipamentos eléctricos acabou por avariar. No meu caso, foi «apenas» a máquina do café, uma TV Samsung e várias lâmpadas de halogéneo e incandescentes. Quem também não tem apreciado a incapacidade da EDP foi o PC. O sistema operativo Linux/Ubuntu «passou-se» e nunca mais foi o mesmo até agora, o cabo de ligação USB à máquina fotográfica acabou por ir parar ao lixo, o router D-Link avariado foi devolvido ao ISP e substituído por outro. Para além disso,  o scanner HP ardeu (literalmente). Sem scanner nem máquina fotográfica e com receio de que pudesse acontecer algo semelhante ao PC, o seu tempo de utilização foi minimizado ao imprescindível (apenas email e facebook).
Trouxe de Lagos na passada semana o scanner que era de meu pai. Espero agora que com ele consiga digitalizar a «Nova Costa de Oiro» e manter actualizado este espaço. Se a EDP mo permitir...
(Fica o pedido de desculpas pela ausência de actualizações. E gostaria de acrescentar o seguinte: o mau serviço da EDP levou-nos a mascarar de «apagão» no Carnaval de Sagres, imagens que podem ser vistas no blogue Vila do Bispo Fotos antigas).» CARLOS MESQUITA 31-03-2010

Há dias contava-me um amigo que a Freguesia de Odeceixe foi a única do Algarve em que o General Humberto Delgado ganhou nas únicas eleições em que participou. Dizia-me ele que, em resultado dessa "anormalidade", Odeceixe não dispôs de serviço de iluminação pública durante largos anos, tendo mesmo sido a última freguesia do Algarve a dispor de luz eléctrica. Não havia nada a fazer, era o destino que Lisboa impunha...
Ao ler estas palavras escritas por Carlos Mesquita, lembrei-me dessa memória e de ir ver qual o resultado eleitoral autárquico de 2009. 
Em Odeceixe ganhou o PS com 67,05%, por 306 votos num universo de 613 votantes (808 inscritos). 
Em Budens, ganhou o PS, com  39,6%, por 106 votos de diferença num universo de 3058 votantes (4282 inscritos) e com uma lista de independentes a recolher 19,69% com 602 votos.
É este o Algarve 2010. Entre outras realidades não menos graves, com Lisboa a protocolar com 2 das 80 empresas a operar nesse sector a venda de painéis solares térmicos (para aquecer água quente...) nesta nossa sub-região que é, para quem não saiba ainda, a que apresenta o maior potencial de geração de energia eléctrica a partir da energia  solar fotovoltaica... DA EUROPA !
Coisas que os "poderes" locais consideram irrealistas e inexequíveis. Claro que é mais fácil  subir preços e cobrar impostos ou taxas a quem os não pode pagar... 
Já não nos bastavam as belíssimas ventoínhas que embelezam as nossas paisagens naturais e só dão imenso jeito a algumas empresas amigas, porque não têm impacto positivo nos preços da energia. Até falta a LUZ ! 
Mais coincidências surpreendentes com... o ultra-Passado!
É este o Portugal 2010 que temos. O Algarve segue dentro de momentos...

5 de abril de 2010

MUNDIAL DE FUTEBOL E SEGURANÇA

Decorridos os 3 dias pascais, uma inesperada notícia, como se já não faltassem as menos boas:
«O ataque de dois trabalhadores da quinta de Eugène Terre'Blanche, em Ventersdorp (África do Sul), que acabou com a morte do líder do Movimento de Resistência Afrikaner (AWB), foi interpretado como "uma declaração de guerra" dos negros contra os brancos pelo partido extremista. 
(...) Numa primeira reacção, o secretário-geral do AWB, Andre Visagie, pediu aos apoiantes que permaneçam calmos e cumpram o luto ao líder. O partido vai reunir-se a 1 de Maio para discutir o que fazer a seguir.
(...) Jacob Zuma, presidente sul-africano e líder do Congresso Nacional Africano (ANC), o partido maioritário desde as primeiras eleições livres no país, em 1994, pediu ontem calma aos sul-africanos. "Não permitam que agentes provocadores possam tirar vantagem desta situação para incentivar ou incendiar o ódio racial", avisou.
(...) A morte de Terre'Blanche ocorre pouco depois de a justiça sul-africana ter proibido uma música adoptada pela juventude do ANC cujo refrão clamava "morte aos bóeres". André Thomashausen, professor da Universidade da África do Sul, explica que o assassínio do líder da extrema-direita branca "pode mobilizar as franjas de brancos empobrecidos pela política de afirmação da raça negra do governo que se sentem marginalizados e sob ameaça física, a recorrer a acções que chamem a atenção do mundo durante o Mundial"». iONLINE 05-04-2010 
 
PÉSSIMO AUGÚRIO PARA UM MUNDIAL DE FUTEBOL QUE COMEÇA NA ÁFRICA DO SUL DENTRO DE POUCO MAIS DE 2 MESES...

1 de abril de 2010

PINTAS DE LAGOS, PASSARINHOS E CONTRA-ALMIRANTES SUBLIMES

Já que parece que entrámos sem querer nos últimos episódios de mais uma brutal telenovela vigarista, desta vez subaquática, recomenda-se uma voltinha no Sublime para satisfazer a curiosidade sobre o que se passa nas profundezas do mar. É que este barco é mesmo especial: não tem fundo, ou melhor, tem, mas é transparente. Vê-se tudo o que por ali passa: estrelas-do-mar, polvos, alforrecas e até golfinhos ou até mesmo alguém conhecido... Cada passeio é diferente e revela novas espécies de fauna ou flora. Com sorte pode ser que se encontrem presidentes, vereadores, opositoras, repositores, advogados, camisas-de-vénus e até contra-almirantes.
Deste hydrofoil também se pode avistar o céu em pormenor, através de um vidro (que a transparência está em todo o lado...).
Se ainda não estiver a ver estrelas com tanto gamanço, não perca a esperança: encha-se de coragem e pouco dinheiro e vá dar um passeio no Sublime, olhar as estrelas e a lua. O barco está em Cascais que ali em Lagos é mais "chatas" e avistamentos de golfinhos.
Lembro-me, não sei porquê, do que escreveu em tempos uma priminha numa redacção no 4º ano: «eu gosto muito de golfinhos e daquele hotel ali na praia da D. Ana. E também gosto muito da primavera, a primavera é muito bonita, é a estação dos passarinhos e das flores. Eu gosto muito de passarinhos fritos.»
Eu prefiro contra-almirantes e políticos corruptos.
Nas férias vêem-se muitos, gostam todos muito do Algarve. Têm bom gosto, os mais honestos não, que vão para longe. Se calhar dão-se mal com o sol, deve ser genético.
A cidade enche sempre, cada vez se vê mais gente. Já não é uma Babel, é uma Babilónia. Eu assim que puder pisgo-me para o Algarve. E da multidão de mirones à procura da foto ao lado de um famoso nem se fala... Só visto.
Pena que as esplanadas e cafés do centro estejam todas fechadas ao domingo. Mas isso são pormenores. A gente gosta muito deles e ainda quer mais...Ou será do dinheiro? (continua)

Um passeio no Sublime pode custar entre os 15 euros para 30 minutos e os 40 euros para 90 minutos. Horário: de segunda a quinta das 10h00 às 21h00, de sexta a domingo das 10h00 às 22h00. A Come 2 Sea fica na Marina de Cascais, loja 10. Tel/Fax: 214 861 911.
www.come2sea.pt